Prefeitura de Osório promove campanha para comunidade em prol da doação de sangue no hemocentro de Porto Alegre

A secretaria Municipal de Saúde, por meio da prefeitura municipal de Osório, e o Centro de Apoio ao Paciente Oncológico (CAPO), vão realizar uma ação de transporte de pessoas que possuem a disponibilidade e o interesse de fazer doação de sangue, sábado, 24, com partida às 8h, de Osório até o Hemocentro de Porto Alegre, Banco de sangue.

Os hemocentros estão necessitando muito de ajuda, os niveis são muito baixos no banco para a região litoral, e ainda restam algumas vagas para o transporte até o hemocentro.

Durante a semana o Hospital de Tramandaí igualmente recebe doação de sangue. É importante salientar também, que de acordo com a Lei municipal 6.482 de 2021, servidores públicos poderão ausentar-se até três vezes durante o ano para doação, respeitando os intervalos.
AJUDAR TÁ NO SANGUE! Para maiores informações entre em contato com o CAPO – 3601 3388.
QUEM PODE DOAR? 

Segundo a OMS é necessário cumprir alguns requisitos para você poder doar sangue. Veja abaixo algumas das principais dúvidas na hora de doar sangue:

-Estar bem de saúde e ter entre 18 e 69 anos. Jovens a partir dos 16 anos já podem doar caso tenham autorização do responsável. O modelo estará disponível no hemocentro.

-Não estar em jejum.

-Ter dormido pelo menos seis horas nas últimas 24 horas.

-Pesar mais de 50kg.

-Não ter feito cirurgia de grande porte a menos de seis meses e de pequeno porte a menos de três meses.

-Não ter feito tratamento dentário a menos de 7 dias.

-Não estar grávida ou amamentando (mães que amamentam devem aguardar a criança completar 12 meses de vida). Em caso de parto normal, aguardar 3 meses; se cesariana, aguardar 6 meses.

-Não estar gripado ou ter tido febre nos últimos 7 dias.

-Não ter diabetes, cardiopatia e nem ter contraído hepatite após os 11 anos de idade.

-Caso tenha tomado vacina contra gripe, deve-se aguardar 48h; as demais vacinas com bactérias/vírus vivos, por exemplo sarampo e febre amarela, deve-se aguardar 4 semanas.

-Não ter doado sangue a menos de 60 dias (homens) e 90 dias (mulheres).

-Não ter tido comportamento de risco para contaminação pelo HIV.

-Não ter ingerido álcool nas 12 horas antes da doação.
-Não ter feito uso de drogas injetáveis ilícitas.
-Não ter feito piercing, acupuntura ou tatuagem a menos de 12 meses.
-Não ter feito endoscopia ou colonoscopia nos últimos seis meses.
Texto: Eduarda Mantovani
COMPARTILHAR