Hospital diz que Bolsonaro está estável, em tratamento e sem previsão de alta

Em nota, o hospital comunicou que o mandatário deu entrada na sua unidade de São Paulo devido a um quadro de suboclusão intestinal. Getty Images

Hospital Vila Nova Star informou nesta segunda-feira, 3, que o presidente Jair Bolsonaro (PL) está estável, em tratamento e sem previsão de alta. Em nota, o hospital comunicou que o mandatário deu entrada na sua unidade de São Paulo devido a um quadro de suboclusão intestinal. Bolsonaro será reavaliado ao longo da manhã pela equipe do médico-cirurgião Antônio Luiz Macedo, que acompanha o presidente desde setembro de 2018, quando Bolsonaro sofreu uma facada na região do abdômen durante a campanha eleitoral.

Mais cedo, o Palácio do Planalto havia confirmado a entrada de Bolsonaro no hospital. De acordo com nota da Secretaria Especial de Comunicação (Secom), o presidente “passa bem” e novas informações serão divulgadas após a atualização do boletim médico.

O presidente estava de férias em São Francisco do Sul (SC) desde a última segunda-feira, 27, e voltaria hoje para Brasília. Nesta madrugada, deixou o litoral catarinense de helicóptero em direção a Joinville. De lá embarcou para São Paulo com a comitiva presidencial. No Vila Nova Star, onde deu entrada por volta das 2h, Bolsonaro realizará uma tomografia e outros exames.

Bolsonaro havia dado entrada no Vila Nova Star pela última vez em julho de 2021, quando também sentiu dores abdominais e ficou quatro dias no hospital, localizado na Vila Nova Conceição, na Zona Sul da capital paulista. O presidente já realizou seis cirurgias em decorrência do atentado a faca sofrido em 2018, em Juiz de Fora, Minas Gerais.

Veja a nota do Vila Nova Star na íntegra:

O Hospital Vila Nova Star informa que o Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, deu entrada na unidade na madrugada desta segunda-feira, devido a um quadro de suboclusão intestinal. Ele está estável, em tratamento e será reavaliado ao longo desta manhã pela equipe do Dr. Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo. No momento, sem previsão de alta.

COMPARTILHAR