Operação Hoplitas prende cinco pessoas no litoral norte

Capão da Canoa – Comando Regional de Policiamento Ostensivo, CRPO LITORAL NORTE, realizou mais uma Operação Hoplitas nos municípios de sua área de cobertura. O objetivo da Operação é reduzir os índices de criminalidade. A Execução dos trabalhs contou com o aumento de policiais militares em locais estratégicos. Foram realizadas barreiras, fiscalizações e visibilidade da presença da Brigada Militar pelas ruas.
As Operações foram desenvolvidas a partir de sexta feira, dia 3, até domingo dia 5, entre o final das tardes e término das noites. Durante a Operação Hoplitas foram fiscalizados 276 veículos e abordadas 436 pessoas, que resultaram em cinco prisões em flagrante, quatro termos circunstanciados assinados e apreensão de 105 gramas de entorpecentes.
As prisões ocorreram em Capão da Canoa, um por tráfico de drogas e outra por embriaguez ao volante. Em Torres um elemento foi preso por tráfico de entorpecentes e em cumprimento de mandado. Já os Termos circunstanciados aconteceram por perturbação do sossego e jogos de azar e Tramandaí, e no município de Imbé por porte de arma branca.
No município de Tramandaí foi fechado uma casa de jogos de azar no centro da cidade na noite do sábado, após trabalho dos policiais militares da Inteligência do CRPO Litoral. No local, foram apreendidas 21 placas-mães das máquinas caça-níqueis, 20 ceduleiras, 13 pen-drives, uma máquina de cartões de crédito e R$ 5.393. Junto com o efetivo do CRPO Litoral e da Companhia Policial-Militar de Tramandaí, estavam alunos dos cursos de sargento e de soldado que estão em formação na Esfes/Osório.

Texto: Rubenir Fernandes

COMPARTILHAR