IGP confirma que ossada encontrada em Cidreira é de cachorro

Ossada foi encontrada na manhã de domingo, próximo a Plataforma de Pesca. - Divulgação PCRS

Na manhã deste domingo, 24, depois de denuncia de pessoas que caminhavam pela praia, o Instituto Geral de Perícias analisou uma ossada encontrada na beira-mar de Cidreira, próximo a Plataforma de Pesca.

A ossada foi encontrada pela manhã e mobilizou Corpo de Bombeiros, Brigada Militar e Polícia Civil. A princípio foi cogitada a possibilidade da ossada ser humana e do menino Miguel desaparecido em 27 de julho em Tramandaí. Entretanto, a hipótese foi descartada após análise do IGP.

No final da tarde de domingo o Instituto Geral de Perícias divulgou nota informando que os ossos encontrados eram de um cachorro.

 

Texto: Ado Andrade

COMPARTILHAR