PDT recusa convite de Leite

Presidente Estadual do PDT, disse que o partido não integrará o governo Leite. A Folha do Litoral

O Partido Democrático Trabalhista, decidiu na tarde desta quinta-feira(13), recusar o convite feito pelo governador eleito Eduardo Leite(PSDB) para fazer parte da gestão tucana. O partido era cotado para assumir a pasta da Educação.

Antes da reunião, diferentes movimentos do PDT assinaram ofício defendendo o não ingresso na base, na próxima gestão. Por cerca de dois anos e quatro meses, o PDT integrou a gestão Sartori, mas deixou a coalizão para defender candidatura própria.

Após encontro, o PDT reafirmou “postura de diálogo permanente e independência” na Assembleia. O partido contará com quatro deputados.

COMPARTILHAR