Inter vence no final

D'Alessandro fez de pênalti o gol da vitória contra o Atlético-PR A Folha do Litoral

O Inter venceu o Atlético -PR de virada por 2×1 no Beira Rio. Os gols colorados foram marcados por Moledo e D’Alessandro de penalti.

Com a vitória o time chegou novamente a vice liderança com 61 pontos, cinco a menos que o líder Palmeiras, e superando o Flamengo que empatou com o São Paulo no Morumbi e ficou com 60 pontos.

O primeiro tempo foi de muitas dificuldades para os donos da casa.Mesmo pressionando o adversário, o Inter não conseguia traduzir em chances reais. A primeira chance foi aos 25 minutos com D’Alessandro,que pegou de primeira o cruzamento de Juan Alano e chutou forte. A bola passou próximo ao poste direito de Felipe Alves.

O time paranaense, que está focado na Copa Sul-Americana, e por isso colocou time reserva, teve a primeira chance  aos 34. Em uma falta feita por Cuesta, Marcelo Lomba pediu para a equipe não formar barreira. Na cobrança, Bergson bateu forte e a bola passou perto do poste esquerdo da meta colorada.

No segundo tempo logo aos 4 minutos, em jogada de Juan Alano, Nico López bateu de dentro da área. A bola saiu fraca e Felipe Alves empurrou para a linha de fundo. Três minutos depois, Márcio Azevedo cobrou falta da direita de ataque, próximo da intermediária, Cuesta desviou de cabeça, a bola quicou e acertou o poste direito de Lomba.

Aos 20, Camacho chutou de fora da área, a bola desviou em Rodrigo Moledo e tirou Marcelo Lomba da bola: Atlético-PR 1 a 0.

O empate colorado veio aos 36 minutos do segundo tempo. Welligton Silva cruzou da esquerda de ataque, Rodrigo Moledo antecipou ao marcador e chutou no canto inferior direito de Felipe Alves: 1 a 1.

Aos 46 minutos, veio a virada com um penalti polêmico.Rossi iniciou uma jogada na intermediária e lançou Pottker na esquerda. O atacante percebeu a movimentação do colega em direção à área e cruzou. Rossi entrava na corrida e caiu. O árbitro Rodrigo Ferreira interpretou como falta e marcou o pênalti. D’Alessandro cobrou no canto esquerdo do goleiro do Atlético-PR, forte, e garantiu o 2 a 1 para o Colorado.

COMPARTILHAR