Capão da Canoa implanta Serviço de Inspeção Municipal

Comércios que produzem ou manipulam produtos de origem animal serão apresentados ao SIM e poderão tirar dúvidas a respeito do serviço

A partir do mês de maio o município estará com uma equipe visitando os comércios que produzem ou manipulam produtos de origem animal. O objetivo da visita é apresentar o SIM. O Serviço de Inspeção Municipal – SIM, é o departamento que vai orientar e tirar dúvidas dos comerciantes em relação aos serviços que prestam aos consumidores e está vinculado a Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico.

Conforme o Secretário Marcelo Ramos, os estabelecimentos que comercializarem produtos de origem animal deverão fazer o registro da empresa no serviço. Os proprietários ou representante legal da empresa devem entrar em contato com o SIMPROA pelos seguintes endereços: sim@capaodacanoa.rs.gov.br ou pelo telefone 51 39951100, ramal 1202. Marcelo Ramos destaca que após o registro os estabelecimentos estarão recebendo o selo SIM e ficarão liberados para comercializar seus produtos dentro dos limites do município onde foi produzido.

Os alimentos que serão inspecionados pelo SIM são os seguintes: carne, leite, ovos, mel, pescados e seus derivados. A principal finalidade do SIM, segundo Marcelo Ramos, é garantir que o consumidor adquira produtos com qualidade e segurança e produtos alimentos com procedência e com isso, as pessoas reconheçam que o produto que estão adquirindo é inspecionado. Todo produto de origem animal precisa estar rotulado e carimbado com todos os dados do fabricante e do produto e também do órgão fiscalizador.
O prefeito Amauri Magnus Germano esclarece que o SIM é mais um serviço que proporciona garantia de saúde, procedência e qualidade no que está sendo comercializado e produzido dentro do município. Além disso, o prefeito salienta que o SIM vem para qualificar a fiscalização dos produtos de origem animal, garantindo maior segurança alimentar a todos dentro dos limites do município.

 

Matéria: Rubenir Fernandes / AFL
Foto: Luiz Moraes / PMCC
COMPARTILHAR