Celsinho anuncia seus secretários

Celso Bassani Barbosa (PTB), antecipou a lista de secretários para a sua gestão a partir de 1° de janeiro. - Ado Andrade/AFL

Ainda no período de transição de governos, o prefeito eleito de Xangri-Lá, Celso Bassani Barbosa (PTB), antecipou a lista de secretários para a sua gestão a partir de 1° de janeiro.

Segundo o prefeito eleito, sua administração começará com inúmeros problemas

Inicialmente o prefeito eleito disse o seu mandato iniciará com já que a cidade está numa situação precária em relação a infraestrutura com acumulo de resíduos em diversas vias, inchaço da máquina púbica com número excessivo de funcionários, entre outros problemas. “ Por conta da Covid estamos cientes das dificuldades principalmente nas questões de licitação e nosso objetivo que a economia se fortaleça e não pretendemos fechar comércios por conta da pandemia.” Disse Barbosa.

Em relação ao secretariado, Celso fez o anúncio dos novos ocupantes das pastas a partir de janeiro são eles: Eraldo Breen (Administração), Marcos Prestes (Finanças), Graziela Barbosa (Assistência Social), Luiza Barbosa Neto (Saúde), Cristovam da Academia (Turismo). Antônio Carvalho (Planejamento) e Sandro (Obras).

Uma das problemáticas vividas por Xangri-Lá é a questão do esgotamento sanitário, onde as obras de responsabilidade da Corsan estão paradas há 10 anos. “ Assim que assumirmos vamos conversar com a Corsan, pois a companhia tem a concessão, mas não avança nas obras e o que tem de esgoto tratado é por conta dos condomínios e caso as negociações com a Corsan não avancem podemos até mesmo privatizar a coleta e tratamento de esgoto” Falou o prefeito eleito. Conforme Celso há diversos pedidos de construção de edifícios e aguardam estas obras. Em relação a segurança o prefeito eleito informou que de imediato fará o cercamento eletrônico e que no futuro implantará uma guarda municipal.

O vice-prefeito eleito Frederico Figueiró  disse que a coligação que elegeu a chapa vencedora formada pelo PTB, PSD E MDB tem a maioria na Câmara pois 6 representantes foram eleitos. “ Fui vereador por 8 anos e acredito que os 9 vereadores estarão alinhados com o Executivo, pois o objetivo é desenvolvermos o município”. Disse.

Ao final da entrevista perguntado sobre a sintonia entre prefeito e vice a emoção tomou conta de ambos. Celso Barbosa, em lágrimas, disse que é uma honra ter Figueiró como vice pois a ele deu oportunidades no Executivo, o acompanhou em sua jornada como vereador e o gabinete do vice prefeito será o mesmo do prefeito. Celso citou os exemplos vitoriosos de Pierre e Ique em Imbé e Gauto e Flavinho em Tramandaí, prefeitos e vices destas cidades respectivamente.

COMPARTILHAR