River Plate perde nos pênaltis e está fora da final do Mundial de Clubes

River Plate foi eliminado nos pênaltis pelo time árabe do Al-Ain. A Folha do Litoral

O Al Ain fez história. Venceu nesta terça-feira(18), nos pênaltis o campeão da Libertadores 2018, o poderoso River Plate, por 5 a 4. O time árabe aguarda o vencedor de Real Madrid e Kashima Antlers, na quarta-feira (19), para conhecer o adversário na decisão.

Em uma partida impecável, os donos da casa conseguiram segurar o 2 a 2 no tempo regulamentar e na prorrogação. Borré marcou duas vezes para os argentinos, Berg e Caio anotaram para os árabes.

A partida começou com uma surpresa. Logo aos 3 minutos, Berg aproveitou uma falha da defesa e do goleiro Armani no primeiro pau e apareceu livre para só empurrar a bola para o fundo das redes, 1 a 0. Cinco minutos depois, o River respondeu e virou.Aos 11 e aos 16, Santos Borré, desfalque na final da Libertadores contra o Boca Juniors por suspensão, marcou duas vezes e colocou os “Millonarios” em vantagem.

No fim do primeiro tempo, o time árabe empatou.Mas o gol acabou anulado por impedimento após uso do VAR.

Mas o gol que valeu para os árabes ocorreu no segundo tempo com um jogador brasileiro.Caio recebeu pelo lado esquerdo, deu o corte em Maidana e chutou para vencer Armani e 2 a 2.

O time argentino teve a bola do jogo no pênalti sofrido por Casco. Mas  Pity Martínez, no entanto, bateu no travessão. O 2 a 2 persistiu nos 30 minutos da prorrogação e a decisão foi para os pênaltis.

E ai brilhou a estrela do goleiro Eisa, herói do jogo ao defender a cobrança de Enzo Perez na última cobrança do River, classificando o Al- Ain para a final.

Quer receber A Folha do Litoral no seu e-mail?

Cadastre seu nome e e-mail e receba a edição semanal do jornal A Folha do Litoral para ler no seu tablet, smartphone ou na web.

I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

COMPARTILHAR