Problemas de cachorros de rua poderiam ser resolvidos com SAMUCÃO

Uma proposta de criar uma espécie de SAMU veterinário foi aprovada por unanimidade na Câmara de Vereadores do município. Esse projeto denominado  SAMUCÃO foi aprovado no ano passado.
A sugestão é do vereador Santana do Gás (PSB). A ideia é que uma ou mais unidades de atendimento aos animais atuem nos bairros da cidade, realizando principalmente castrações de cães e de gatos no município, permitindo um controle populacional e reduzindo o número de animais nas ruas.
Santana do Gás explica ainda que poderão ser usados para a viabilização da Lei “bens móveis, automóveis e outros objetos de apreensão que sejam revertidos ao município e direcionados ao Projeto SAMUCÃO” A intenção, caso entre vigor a proposta, é que as regiões da cidade onde as unidades estarão sejam informadas com antecedência de pelo menos cinco dias pela Prefeitura.
Mas tudo isso continua no papel salienta o vereador. Em entrevista à Rádio Horizonte ele afirmou que até agora não houve intenção do executivo em colocar a Lei em pratica e vendo diariamente vendo a população de cães e gatos aumentarem nas ruas da cidade. Ele acrescenta que foi visitar cidades, onde esse sistema funciona. Citou o município de Torres e também Rio Grande, onde a situação hoje está normalizada em relação a isso. Não se vê cães perambulando pelas ruas da cidade como aqui em Capão da Canoa. Acredita que o Prefeito Amauri Magnus Germano irá viabilizar o SAMUCÃO, até porque existe disponibilidade financeira, conclui o Vereador Santana do Gás.

Rubenir Fernandes

Quer receber A Folha do Litoral no seu e-mail?

Cadastre seu nome e e-mail e receba a edição semanal do jornal A Folha do Litoral para ler no seu tablet, smartphone ou na web.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

COMPARTILHAR