PRESO EM PORTO ALEGRE ADVOGADO ACUSADO DE PERTENCER A FACÇÃO CRIMINOSA

A folha do Litoral

Foi preso hoje(15) em Porto Alegre, o advogado Anderson da Roza,acusado de pertencer a uma facção criminosa que teria encomendado a morte de um juiz na Capital. Ele estava em sua casa no bairro Petrópolis.

O mandado de prisão preventiva foi expedido pela Justiça nesta segunda após a Promotoria de Lavagem de Dinheiro recorrer da negativa anterior, feita em março deste ano pela Polícia Civil. Roza é réu ao lado de outros dois advogados e outros integrantes da facção. Ele foi levado para o Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) após ter sido preso por agentes da Delegacia de Capturas da Polícia Civil. Segundo o delegado Arthur Teixeira Raldi, como Roza é formado em Direito, por lei, deve ficar em uma cela do Estado Maior — na Capital, encontra-se no Batalhão de Operações Especiais da BM.

A defesa do advogado,Jean Severo, afirmou que deve ingressar com recursos ainda nesta segunda-feira para tentar a soltura do cliente. O defensor argumenta que Roza é inocente e não teria envolvimento nos crimes aos quais é acusado.

— Ele já tinha bens bloqueados, por isso, a prisão é totalmente arbitrária — argumenta.

 

Quer receber A Folha do Litoral no seu e-mail?

Cadastre seu nome e e-mail e receba a edição semanal do jornal A Folha do Litoral para ler no seu tablet, smartphone ou na web.

I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

COMPARTILHAR