Perícia confirma que corpo encontrado em praia de SP é de surfista desaparecido em Imbé

Surfista Gustavo de Oliveira, de 18 anos, desapareceu no mar em Imbé (RS) — Foto: Arquivo Pessoal

O Instituto Geral de Perícias (IGP) confirmou, nesta quinta-feira, que o corpo encontrado na praia do Prelado, em Iguapé, São Paulo, é do surfista Gustavo Quadros de Oliveira, 18 anos, que desapareceu em Imbé no último dia 31 de julho.

Gustavo desapareceu em 6 de junho, enquanto surfava na praia gaúcha. Em 31 de julho, banhistas da praia do Prelado, na orla de Iguape, encontraram um corpo em avançado estado de composição. O Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMar) recolheu o corpo.

A identificação contou com o trabalho conjunto do IGP/RS e do Instituto de Criminalística de São Paulo. No mesmo dia em que o corpo foi encontrado na praia paulista, familiares da vítima forneceram material para extração do DNA no Posto de Criminalística de Osório. A amostra foi comparada ao do cadáver resultando na confirmação do laudo pericial.

A distância entre as duas praias é de quase 700 km.

O cadáver ainda vestia parcialmente uma roupa de borracha, como as usadas por surfistas. As autoridades policiais desconfiaram que poderia se tratar de Gustavo. Não havia nenhum outro registro de pessoas desaparecidas no mar em São Paulo que pudesse coincidir com as características do corpo encontrado.

 

 

Quer receber A Folha do Litoral no seu e-mail?

Cadastre seu nome e e-mail e receba a edição semanal do jornal A Folha do Litoral para ler no seu tablet, smartphone ou na web.

I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

COMPARTILHAR