Justiça em São Paulo manda bloquear R$ 128 milhões de Aécio Neves

Aecio Neves teve bloqueado R$128 milhões.

O juiz da 6ª Vara Federal Criminal de São Paulo, João Batista Gonçalves, mandou bloquear imediatamente R$ 128 milhões do deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG).

A determinação acata solicitação do Ministério Público Federal (MPF) e ocorreu no âmbito do inquérito policial que investiga pagamento de vantagens indevidas a Aécio pelo empresário Joesley Batista e pelo Grupo J&F. A medida alcança mais 13 pessoas e empresas.

Em nota, a defesa de Aécio disse “que considera inusitada e incompreensível a determinação de bloqueio das contas pessoais do deputado Aécio Neves e já apresentou recurso contra ela. Porque os valores referem-se, na sua grande maioria, segundo os próprios delatores, a doações eleitorais feitas pela JBS a diversos partidos políticos em 2014. Doações, inclusive, declaradas ao TSE”.

Quer receber A Folha do Litoral no seu e-mail?

Cadastre seu nome e e-mail e receba a edição semanal do jornal A Folha do Litoral para ler no seu tablet, smartphone ou na web.

I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

COMPARTILHAR