Estação de tratamento de esgoto de Capão da Canoa será ampliada

Governador Jose Ivo Sartori com o Prefeito de Capão da Canoa, Amauri Magnus Germano. Foto: Luiz Moraes/Divulgação/A Folha do Litoral

Também foi inaugurado o Centro de Controle Operacional (CCO) da Corsan, referente ao sistema integrado de Xangri-Lá e Capão da Canoa

O Prefeito de Capão da Canoa, Amauri Magnus Germano, e o Governador do Rio
Grande do Sul, José Ivo Sartori, realizaram uma série de atividades no litoral norte na
manhã e início da tarde de quarta-feira (19). As ações estavam ligadas,
essencialmente, à promoção do saneamento básico e da destinação adequada dos
resíduos sólidos.

Foto: Luiz Moraes

Em Capão da Canoa, a comitiva visitou a obra da Estação de Tratamento de Esgoto
(ETE) Guarany. O projeto da estação prevê a implantação de quatro módulos, cada um
com capacidade para tratar 64 litros por segundo (l/s). A primeira fase do
empreendimento está em andamento. Deve ser concluída em março de 2019 e
contempla a construção de dois módulos (correspondendo a 128 l/s), com
investimento de R$ 29.033.100,00.
Com a presença do governador, foi lançado o edital da segunda etapa, referente à
duplicação da ETE (instalação de outros dois módulos), no valor de R$ 25.821.721,52.
Com isso, a estação terá capacidade de tratamento de 256 l/s e beneficiará 110 mil
pessoas, entre moradores e veranistas.
O Prefeito de Capão da Canoa, Amauri Magnus Germano, afirma que obras de
infraestrutura modificam a realidade do município. “Essa obra está ligada ao
saneamento, à saúde pública e traz, naturalmente, geração de emprego e renda por
oferecer uma cidade adequada para receber todos aqueles que vêm de outros locais”,
destaca.

Foto: Luiz Moraes

Entre as inaugurações está o novo Centro de Controle Operacional (CCO) do sistema
integrado de Xangri-Lá e Capão da Canoa. O investimento é de R$ 1,3 milhão. O CCO
vai melhorar o gerenciamento dos sistemas de água e esgoto, por meio de telemetrias,
dispositivos e automações, garantindo mais agilidade e qualidade na prestação dos
serviços. Serão beneficiados moradores fixos e flutuantes de Xangri-Lá, Capão da
Canoa, Rainha do Mar, Remanso, Torres e outras praias do Litoral Norte.

Matéria: Bernardo Zamperetti
Colaborou: SecomRS.

COMPARTILHAR