Dona Zezé lança campanha “21 anos sem fome!” para ajudar famílias carentes

.Dona Zezé e o seu grupo de 'anjos' esperam arrecadar uma boa quantidade de alimento com a campanha '21 anos sem fome!'. Foto: RICARDO SPEZIA /AFL

Quem não conhece Maria José Matos da Silva, uma simpática senhorinha de 72 anos? Talvez assim pelo nome de batismo você não se recorde, mas trata-se da incansável Dona Zezé. A Dona Zezé do forno!

Esta guerreira não se cansa de acolher quem bate à porta do Forno Comunitário Madre Assunta, no Bairro Santa Luzia. Seja um morador pedindo comida ou um doador desejando contribuir para a causa, todos são recebidos de braços aberto. E nesta batalha, em agosto, o forno completa 21 anos desde que os primeiros pães foram produzidos num forno improvisado nos fundos de casa.

A cada ano que passa, ela sempre faz uma festinha, muitas vezes bem simples mesmo, só para não deixar passar em branco esta data, mas nesse ano ela quer fazer diferente.

Para celebrar os 21 anos de atividades interruptas, Dona Zezé preparou a campanha “21 anos sem fome!” e está pedindo a doação de alimentos, para que depois sejam distribuídos com as famílias assistidas pelo forno.

Hoje, o Forno Comunitário Madre Assunta produz pães todas as terças-feiras, destes, 15 famílias retiram diretamente no local. O restante é entregue para 120 famílias nas comunidades dos bairros Arco-íris, Praia do Barco e Figueirinha, em Xangri-Lá,

Mas não são apenas pães que são doados. Dona Zezé, sempre que pode, também entrega para estas famílias cestas básicas, roupas, calçados, móveis usados e novos. Ela redistribui tudo isto que sempre chega por meio de doações. “Eu vivo para ajudar ao próximo. E, para a minha felicidade, sempre tenho anjos batendo na minha porta para fazer com que isso aconteça” comemora Dona Zezé.

Para poder entregar seus pães, Dona Zezé conta com a ajuda de um grupo de voluntários que ela também chama de “anjos”. Dentre estes, alguns a ajudam há muitos anos, como é o caso da Maria Olivia, que também está completando 21 anos de forno.

Foto: Ricardo Spezia / AFL

Quem tiver interesse em ajudar as famílias assistidas pela Dona Zezé na campanha “21 anos sem fome!”, o Forno Comunitário Madre Assunta está aceitando doações de feijão, arroz, massa, açúcar, achocolatado, leite, bolacha, sal, refrigerante, bala, Farinha de milho, café, azeite e outros alimentos pertencentes à cesta básica.

As doações podem ser entregues diretamente no Forno Comunitário Madre Assunta, que fica na Rua Rua Getúlio Vargas, 364, Bairro Santa Luzia, ou na Rádio Horizonte e no jornal A Folha do Litoral, na Rua Dom Luiz Guanella, 2313, Centro. Próxima à escola Divina Providência, em Capão da Canoa.

Pedido especial

Durante a caminhada da Dona Zezé, ela acabou ganhado uma maquina profissional de amassar pão (uma amassadeira espiral mofofásica Epóxi Gpaniz), o que deu um novo incentivo para ela e para as suas voluntárias, afinal não é nada fácil amassar esta grande quantidade de massa de pão na mão. Infelizmente, nos últimos dias, a máquina vem dando problemas que acabam prejudicando o funcionamento da mesma. Dona Zezé está pedindo encarecidamente a alguém que conheça destes equipamentos, um conserto voluntario, afinal, dinheiro é artigo de luxo no forno Madre Assunta. O telefone do Forno Comunitário Madre Assunta é o (51) 3625-5138.

 

 

ADO ANDRADE

Quer receber A Folha do Litoral no seu e-mail?

Cadastre seu nome e e-mail e receba a edição semanal do jornal A Folha do Litoral para ler no seu tablet, smartphone ou na web.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

COMPARTILHAR