Diego Maradona morre após parada cardiorrespiratória

Diego Maradona teve uma parada respiratória e não resistiu

O ex-jogador Diego Maradona morreu nesta quarta-feira, 25, após sofrer uma parada cardiorrespiratória na residência onde vivia em Tigre, Argentina, de acordo com informações do jornal Clarin. O ídolo do futebol argentino tinha 60 anos de idade e se recuperava de uma cirurgia que havia feito no cérebro.

“E um dia aconteceu. Um dia o inevitável aconteceu. É um tapa emocional e nacional. Um golpe que reverbera em todas as latitudes. Um impacto mundial. Uma notícia que marca uma dobradiça na história”, lamentou o veículo argentino.

Maradona havia passado por uma cirurgia de emergência no inicio deste mês, cerca de três semanas após ter completado 60 anos. Na ocasião, o ex-atleta precisou retirar um “hematoma subdural”, que é um coágulo de sangue no cérebro.

Depois da cirurgia, Diego ainda precisou ficar mantido na clínica por ter sofrido “episódios de confusão” devido a uma “abstinência forçada”. Representantes do argentino não informaram do que ele estaria se abstendo.

COMPARTILHAR