Consultoria de gestão do Sírio-Libanês ao Hospital de Tramandaí é apresentada no Litoral

Consultoria busca qualificar gestão do hospital de Tramandaí - Foto: Marcelo Ermel / Ascom SES

A consultoria em gestão que o Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo, fará no Hospital de Tramandaí, foi apresentada nesta segunda-feira (14/10) à direção da entidade. A visita à instituição do Litoral Norte, que é ligada à Secretaria da Saúde (SES), contou com as presenças da secretária Arita Bergmann e da secretária-adjunta Aglaé Silva. O planejamento prevê três meses de trabalho entre diagnóstico e plano de ação e mais meio ano de acompanhamento.

Na visita ao hospital, a secretária Arita explicou que o trabalho é uma oportunidade de rever processos com um olhar de quem vem de fora. “Tenho certeza de que o saldo será positivo”, afirmou a secretária. “Esse é um hospital estratégico no Litoral. Com essa consultoria, vamos verificar o que precisamos para potencializá-lo, melhorar processos e entender o que podemos ter de novo em termos de entregas de serviços para o cidadão”, completou.

A secretária-adjunta Aglaé ressaltou que “não é uma auditoria, e sim um trabalho que vem auxiliar a gestão e coloca na mão do gestor uma grande oportunidade de ação, sem custos para a gestão estadual, bancado pelo Ministério da Saúde”, afirmou.

Sob gestão da Fundação Hospitalar Getúlio Vargas, de Sapucaia do Sul, o Hospital de Tramandaí é 100% SUS e atende a população de 23 municípios da região. O assessoramento ocorre por meio do Projeto de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (Proadi), do Ministério da Saúde.

Num primeiro momento, os consultores conhecerão a realidade da instituição e realizarão um diagnóstico, que incluirá apontamentos de melhorias em áreas como recursos humanos, governança, econômica e financeira, assistencial e suprimentos. Após, a equipe apresentará um relatório com as considerações, irá sugerir um plano de ação e ainda estará presente durante mais seis meses para o monitoramento da implementação das ações.

O diagnóstico incluirá o potencial epidemiológico da região abrangida pelo hospital, para analisar se está de acordo com os serviços prestados, além de comparações com outras instituições de mesmo porte e questões práticas como higiene e organização, hotelaria e sazonalidade.

A visita ao hospital foi acompanhada pelo prefeito de Tramandaí, Luiz Carlos Gauto, pelo deputado estadual Gabriel Souza, e vereadores da cidade.

Texto: Ascom SES
Edição: Secom

Quer receber A Folha do Litoral no seu e-mail?

Cadastre seu nome e e-mail e receba a edição semanal do jornal A Folha do Litoral para ler no seu tablet, smartphone ou na web.

I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

COMPARTILHAR