Casal é condenado a 150 anos de prisão por chacina em Cidreira

Chacina ocorreu em 2015 em Cidreira. A Folha do Litoral

Um casal foi condenado a 146 anos e oito meses de prisão cada um, nesta terça-feira(18) por chacina em Cidreira em 2015. O júri ocorreu no Fórum de Tramandaí.

Carlos Roberto de Campos Freitas e Isaura Bragé foram acusados pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul por matar seis rapazes, entre 15 e 27 anos, em uma pousada. As vítimas foram obrigadas a deitar de bruços e executadas à queima-roupa com diversos disparos na cabeça e nas costas. Um sétimo rapaz sobreviveu.Eles integravam um grupo criminoso do bairro Bom Jesus, em Porto Alegre. O crime teria sido motivado por dívidas e disputas relacionadas à expansão do grupo para o Litoral Norte, segundo as investigações.

As defesas vão recorrer da decisão.

 

 

Quer receber A Folha do Litoral no seu e-mail?

Cadastre seu nome e e-mail e receba a edição semanal do jornal A Folha do Litoral para ler no seu tablet, smartphone ou na web.

I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

COMPARTILHAR