Campanha de escola arrecada 1 tonelada e meia de alimentos, além de bolsas de estudos

Quando empresas, de forma voluntária, adotam posturas, comportamentos e ações que promovam o bem-estar dos seus públicos interno (funcionários, acionistas, etc) e externo (comunidade, parceiros, meio ambiente, etc.), acontece a Responsabilidade Social.

A responsabilidade social é um conceito segundo o qual, as empresas decidem, numa base voluntária, contribuir para uma sociedade mais justa e para uma comunidade melhor.

E é exatamente isso que a Escola Técnica e Faculdade Jovem Profissional faz há 17 no estado gaúcho com o Programa Jovem Profissional.

Neste período, em todo o estado, em torno de 300 mil jovens que se beneficiaram dentro desse projeto.

O projeto consiste na aplicação de palestras motivacionais em escolas estaduais e municipais, nestas palestras são oferecidas bolsas de estudos (100% grátis) e solicitado a estes alunos contemplados a doação de dois quilos de alimentos.

Bruno Martins, Sócio-Proprietário da escola diz que hoje, em Capão da Canoa, 300 alunos são beneficiados com a bolsa de estudos.

Em Capão da Canoa essa campanha de arrecadação começou há dois meses e participam alunos dos sextos aos nonos anos, que tem em média 14 e 15 anos e que podem sair da escola com um certificado, aptos para um estágio de trabalho ou algo mais que possa auxiliar em suas carreiras.

Os alimentos arrecadados na campanha serão destinados a famílias carentes e entidades da comunidade. “Com a quantidade de alimento que foi arrecadado vai dar pra fazer mais de 100 cestas básicas. Tem um asilo que a agente já tava procurando para doar. Tem a Dona Zezé do Forno Comunitário, nós vamos ajudar ela também. Gostaríamos de agradecer a todos os alunos que tiveram um tempinho pra se matricular, correr atrás de uma profissão legal pra sua vida, e também ajudar o próximo, porque nós acreditamos que quem ajuda, ganha em dobro.”, diz o engajado Bruno Martins.

Sobre as bolsas oferecidas Bruno complemente: “E até para os próprios familiares que não tem condições de pagar um curso, hoje nós estamos possibilitando para essas pessoas as tão sonhadas bolsas de estudos.”.

A campanha de arrecadação de alimentos acontece em parceria com a ACICC e foram arrecadados uma tonelada e meia de alimentos.

PROFISSIONALIZAÇÃO

A escola oferece, com início imediato, o EJA (Ensino de Jovens e Adultos) para quem não conseguiu terminar o ensino médio e tem o sonho de completar ou fazer um curso técnico. Alunos que se matriculam no EJA, ganham automaticamente um curso de administração.

Além disso, a escola tem quase todos os cursos da área de informática, administração, design gráfico, inglês, cabeleireiro, barbeiro, massoterapia, manicure, pedicure.

Agora em dezembro a escola deve abrir um novo curso: Operador de máquinas pesadas.

“Esta é uma profissão onde os salários podem chegar até R$ 3mil. Estamos fechando as matrículas, para o dia 8 e 9 e dia 10 começar esse curso em parceria com as escola Opportunity e Ismart, duas referencias em escolas profissionalizantes.”, diz o diretor Bruno Martins.

Com todas as salas climatizadas, a Escola Técnica e Faculdade Jovem Profissional está localizada na RS-407, número 1455, em frente ao Benetti Bikes e Motos, junto a ACICC.

 

Ado Andrade

COMPARTILHAR