Bolsonaro nomeia Carlos Bulhões como reitor da UFRGS

Bulhões (à direita) foi escolhido por Bolsonaro FOTO - Karine Viana - Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro nomeou o professor Carlos André Bulhões Mendes como reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), confirmando especulações de que não escolheria a chapa mais votada pela comunidade acadêmica. A decisão consta em decreto (leia abaixo) publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira (16).

A decisão de Bolsonaro é considerada polêmica porque, tradicionalmente, o vencedor da consulta é o nomeado — neste caso, seria o atual reitor, Rui Oppermann. Bulhões foi o terceiro colocado na lista.

Bulhões, que atua na Ufrgs, deverá tomar posse no cargo em 21 de setembro. A nomeação já havia sido mencionada ainda na semana passada pelo deputado federal Bibo Nunes (PSL-RS).

Natural de Alagoas, Carlos Bulhões mora há 30 anos em Porto Alegre. Ele possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Alagoas, mestrado em Engenharia de Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, MBA em Gerenciamento de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas, Engenheiro de Segurança no trabalho pela UFRGS e doutorado em Planejamento de Recursos Hídricos – University of Bristol, Inglaterra (1994), além de Pós-doutorado em Planejamento Ambiental na University of Califórnia, Davis, EUA (2002/2003).

Quer receber A Folha do Litoral no seu e-mail?

Cadastre seu nome e e-mail e receba a edição semanal do jornal A Folha do Litoral para ler no seu tablet, smartphone ou na web.

I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

COMPARTILHAR