Taça Serramar Banrisul em contagem regressiva para o início

A Taça Serramar Banrisul 2017 inicia no dia 03.09, às 14h45 em Imbé, na Praia da Harmonia quando acontece a “abertura oficial” da competição. O evento deverá reunir autoridades, convidados e imprensa. Na sequência, haverá o jogo de abertura envolvendo o atual campeão, Mar Azul de Imbé x Gepol de Osório. Dez equipes farão parte desta edição, as novidades ficam por conta do retorno do Guarani de Torres e a inclusão da mais nova equipe, o Tramandaí FC que ocupa a vaga deixada pelo Tabajara.

A Liga Serramar de Futebol que organiza a Taça Serramar, é uma entidade sem fins lucrativos, independente da convicção política ou religiosa, e tem como objetivo promover o esporte a nível regional e participar de campeonatos regionais. A direção da Liga é formada pelo presidente, Sr Manoel Itamar Soares Dias, vice-presidente, Eduardo Jardim Alves, tesoureiro, João Dominiak, secretário Maicon Bernardes e conselheiros, Saul Bonaldo e João Patricio Paveck. Fazem parte também os dirigentes das equipes participantes.

O Central FC do Caraá é o primeiro campeão da Taça Serramar, título conquistado em 1985, mas também, o maior vencedor da competição com seis conquistas.

A Taça Serramar, que faz parte do calendário de eventos do estado do Rio Grande do Sul, é considerada a maior competição de futebol amador, e se caracteriza pelo desfile de atletas que se destacaram no futebol profissional, ou ainda estão em atividade. O Mar Azul de Imbé, atual campeão, tinha em seu elenco em 2016, nomes conhecidos, como Bolívar, Vinicius, Fabiano, Michel, Chiquinho, Rodrigo Hefner, Rafinha, Luís Mário, Adriano Chuva e Michel, este último, campeão mundial de clubes pelo Internacional de Porto Alegre em 2006.

Cercada de expectativa, veremos o que a Taça Serramar Banrisul 2017, reserva ao público apaixonado pelo esporte mais praticado no Brasil.

Obs: Datas e horários poderão sofrer alterações.

Campeões no período de 1985 a 2016:

1985 – Central Futebol Clube – Vice: CCFC;
1986 – Central Futebol Clube – Vice: EC JAU;
1987 – Grêmio Esportivo Sul brasileiro (GESB) – Vice: EC JAU;
1988 – Esporte Clube JAU – Vice: GAO;
1989 – Esporte Clube JAU – Vice: Central FC;
1990 – Grêmio Esportivo Polivalente (GEPOL) – Vice: GESB;
1991 – Central Futebol Clube – Vice: Torrense;
1992 – Central Futebol Clube – Vice: GESB;
1993 – Central Futebol Clube – Vice: EC JAU;
1994 – Grêmio Esportivo Beira Mar – Vice: Torrense;
1995 – Esporte Clube Rainha do Mar – Vice: Cruzeiro;
1996 – Central Futebol Clube – Vice: Cruzeiro;
1997 – Esporte Clube JAU – Vice: GESB;
1998 – Esporte Clube JAU – Vice: GEPOL;
1999 – Grêmio Esportivo Polivalente (GEPOL) – Vice: EC JAU;
2000 – Grêmio Esportivo Torrense – Vice: EC JAU;
2001 – Grêmio Esportivo Sul brasileiro (GESB) – Vice: GEPOL;
2002 – Grêmio Atlético Osoriense (GAO) – Vice: GESB;
2003 – Grêmio Esportivo Polivalente (GEPOL) – Vice: Guarani;
2004 – Capão da Canoa Futebol Clube (CCFC) – EC JAU;
2005 – Capão da Canoa Futebol Clube (CCFC) – Vice: EC JAU;
2006 – Associação Xangri-lá Futebol Clube – Vice: Guarani;
2007 – Não houve;
2008 – Guarani – Vice: GEPOL;
2009 – Guarani – Vice: Xangri-lá;
2010 – Associação Xangri-lá Futebol Clube – Vice: Cruzeiro;
2011 – Guarani – Vice: Xangri-lá;
2012 – Grêmio Esportivo Sul brasileiro (GESB) – Vice: CCFC;
2013 – Tabajara Futebol Clube – Vice: Xangri-lá;
2014 – EC Serraria – Vice: CCFC;
2015 – Xangri-lá – Vice: Costa do Morro;
2016 – Mar Azul – Vice: Costa do Morro.

COMPARTILHAR