PSG x Istanbul: Times deixam campo após 4ª árbitro ser acusado de racismo

Jogadores do PSG e Istanbul Basaksehir deixam jogo após suposto caso de racismo. - Reprodução

Momento histórico na Liga dos Campeões. Paris Saint-Germain e Basaksehir retiraram as suas equipes de campo após uma acusação de racismo por parte do quarto árbitro da partida, o romeno Sebastian Colţescu.

A situação ocorreu aos 16 minutos do primeiro tempo, quando o atacante Demba Ba, do Basaksehir, reclamou de uma possível ofensa racista feita pelo quarto árbitro. Neymar, do PSG, também conversou com o atacante, que fez gestos para os companheiros deixarem o gramado.

O árbitro Ovidiu Haţegan chegou a expulsar o atacante e, pouco depois, conversou com os jogadores do Basaksehir, mas a decisão dos atletas foi de deixar o jogo. Posteriormente, os atletas do PSG acompanharam a decisão.

Dirigentes foram ao gramado para entender a situação. Uefa ainda não diz que jogo está adiado. Há a possibilidade de ser retomado ainda hoje.

COMPARTILHAR