Jogo da Superliga masculina vai movimentar o Otto Birlem

Capão da Canoa vai receber neste sábado um jogo da elite voleibol brasileiro, pois, jogam no ginásio Otto Birlem, o Lebes Canoas e o Sesc-RJ.

O Lebes Canoas volta à quadra neste sábado, às 19h, para enfrentar o segundo colocado na classificação geral da Superliga, no Otto Birlem, em partida válida pela 6ª rodada do returno da Superliga Cimed masculina de vôlei 2017/2018.

A equipe gaúcha chega a Capão da Canoa ocupando 8ª posição na tabela de classificação e precisando da Vitória, pois, em seu último jogo foi derrotada pelo EMS Taubaté Funvic (SP), em Gramado.

O jogo entre Lebes Canoas e EMS Taubaté Funvic aconteceu no ginásio Perinão, na primeira vez que um jogo da principal competição do calendário nacional do vôlei foi realizado na cidade de Gramado, na Serra Gaúcha. Jogando em casa, a equipe de Canoas perdeu por 3 sets a 2, com parciais de 25/27, 25/19, 25/23, 22/25 e 15/11, em 2h30 de jogo.

Nas próximas rodadas, o Lebes Canoas enfrentará Copel Telecom Maringá, Ponta Grossa Caramuru, equipes que estão na parte inferior da tabela de classificação.

O Lebes/Canoas terá o técnico Marcel Matz no comando da equipe e Marcelinho Ramos, ex-Montes Claros, como seu assistente.

Medalhista de Ouro nas Olimpíadas de Atenas em 2004, o ex-central da seleção brasileira, Gustavo Endres, é o Supervisor e Gestor do Lebes Canoas.

Não haverá venda de bilhetes antecipados. No acesso à partida será cobrado um ingresso solidário: 1kg de alimento não perecível. A troca será feita no acesso à partida e os portões abrem às 18h!

O canal Sportv transmite vai transmitir a partida para todo o território nacional.

FIQUE DE OLHO

Dois nomes chamam a atenção no Lebes Canoas, o oposto Abouba e o central Maurício Bezner.

Aboubacar Dramé Neto, o Abouba, como é chamado pelos companheiros de equipe, é filho de imigrantes do Mali e um dois maiores pontuadores da Superliga. Abouba, apareceu para o voleibol jogando na UPIS, do Distrito Federal.

Maurício Bezner é hoje o segundo melhor bloqueador da Superliga Masculina 2017/2018. Apesar de ser gaúcho da cidade de Portão, Maurício veio do Super Vôlei/Santo André/SP, ainda na temporada 16/17.

Texto: Ado Andrade
Foto: Fernando Potrick

Quer receber A Folha do Litoral no seu e-mail?

Cadastre seu nome e e-mail e receba a edição semanal do jornal A Folha do Litoral para ler no seu tablet, smartphone ou na web.

Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.

COMPARTILHAR